Terça, Julho 23, 2019
WhatsApp: (95) 99961-2106

Notícias

Segundo o deputado Coronel Chagas (PRTB), objetivo é discutir junto com a população, associações de taxistas e representantes de órgãos do município e do Estado

 

O parlamentar afirmou que não é contrário à implantação das fiscalizações eletrônicas de trânsito, mas nos pontos que os pardais foram implementados (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)A Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) será palco de audiência pública sobre a fiscalização eletrônica de trânsito na Capital nesta terça-feira, 04, a partir das 15h. Iniciativa do deputado estadual Coronel Chagas (PRTB), a medida pretende discutir junto aos parlamentares, associação de taxistas, representantes dos órgãos de trânsito do município e do Estado, além da população em geral, uma forma de construir um trânsito mais seguro. 

O parlamentar ressaltou que ninguém é contra a implantação das fiscalizações eletrônicas de trânsito, mas especificamente aos pontos que os pardais foram implementados. “Pelas estatísticas que nós temos de acidentes de trânsito com vítimas fatais da Polícia Militar, em 2017, quando ainda não tinham os pardais, aconteceram 11 acidentes com mortes em Boa Vista. Já em 2018, com os pardais, o índice ao invés de diminuir, aumentou. Foram 21 mortes”, afirmou Chagas.

Sobre a fiscalização eletrônica nos semáforos para inibir que os condutores atravessem o sinal vermelho, o parlamentar ressaltou que nada justifica alguém a infringir a lei, pedindo até que o procedimento seja instalado em todos os sinais da Capital. No entanto, o parlamentar afirma que recebeu demandas da população sobre a forma como a fiscalização tem sido executada, além do funcionamento dos sinais.

“Nós queríamos que tivessem em todos os semáforos, quanto mais, melhor. O que se discute é a própria sinalização. Alguns dizem que a transição entre sinal amarelo e vermelho é muito rápida. Outros dizem que não avançou, mas por ter parado próximo à faixa branca foi multado”, revelou.

O deputado completou ainda que a audiência é para buscar dar uma resposta ao cidadão roraimense e ressaltou a importância da população em participar de uma audiência pública justamente para dar a sua opinião e emitir as suas demandas.

“Queremos encontrar soluções para que nós tenhamos realmente um trânsito mais seguro e que se coloque os pardais nos pontos onde realmente acontecem os acidentes, principalmente aqueles com vítimas fatais”, disse. “A audiência vai ser aberta, as pessoas vão poder fazer perguntas e participar. A nossa expectativa é que a gente encontre políticas de interesse coletivo e reforçar que a multa deve ter um caráter educativo e até punitivo, mas nunca arrecadatório”, concluiu. (P.C.)

 

Fonte: Folha de Boa Vista
Paola Carvalho
Em 04/06/2019 às 00:25
Acesse: https://folhabv.com.br/noticia/POLITICA/Roraima/Audiencia-quer-construcao-de-transito-mais-seguro-na-Capital/54044