Quinta, Março 21, 2019
WhatsApp: (95) 99961-2106

Notícias

A Polícia Militar de Roraima (PMRR) lançou nesta terça-feira (1º) edital de concurso público com 400 vagas para a carreira de soldado. Desse total, 15% são destinados às mulheres (60 vagas). O certame é de responsabilidade da Universidade Estadual de Roraima (UERR).

O anúncio foi feito pela governadora Suely Campos (PP) na última quinta-feira, 26, durante a solenidade de promoção de 409 policiais militares. Dos PMs promovidos, 147 são oficiais e 262 praças.

Coronel Chagas com alguns dos oficiais promovidos (Foto: Odair Amorim) 

 O deputado Coronel Chagas (PRTB), vice-presidente da ALE-RR (Assembleia Legislativa de Roraima), acompanhou a cerimônia realizada na Esplanada do Palácio Senador Hélio Campos. Ele parabenizou os policiais militares pela conquista tão esperada e agradeceu a governadora pela promoção, que é considerada a maior já realizada.

“Acredito que foi um recorde de policiais militares promovidos. Sem dúvida, um reconhecimento de toda sociedade do trabalho desses profissionais em prol da segurança pública do Estado”, disse Chagas.

Ele também destacou os esforços governamental na reestruturação da PM, com investimentos no aparelhamento - aquisição de viaturas, armas, munições e coletes - , além da valorização dos policiais, com as promoções.

Chagas ainda citou a colaboração do Poder Legislativo nas conquistas. “São resultados da legislação que os parlamentares têm trabalhado ao longo desses anos, tanto com a apresentação de projetos, como relatando projetos que tratam da carreira, aumento do efetivo e ampliação de vagas, de forma a fazer que haja uma oxigenação constante em todos os postos de graduação, uma motivação constante para que os policiais trabalhem satisfeitos”, destacou.

A governadora também anunciou o pagamento, para o dia 10 de maio, do auxílio fardamento, de forma escalonada.

Para o coronel Edison Prola, comandante da PM, “as promoções e condecorações são uma maneira de distinguir e exaltar o trabalho e a dedicação dos militares, que sempre evidenciam o comprometimento com a segurança pública e com a instituição a qual servem com orgulho”.

CONCURSO – Os prazos para inscrição, aplicação de provas e demais fase do certame constam no edital. A previsão é que as provas sejam aplicadas ainda no segundo semestre deste ano.

O concurso será dividido em cinco fases: prova escrita, exame físico, exame médico, exame psicotécnico e, por fim, a investigação social – essa, por sua vez, é executada pela Polícia Militar e as demais pela banca organizadora, a UERR.

O último concurso da PMRR foi em 2013. À época, a população do Estado era de pouco mais de 450 mil habitantes, segundo o IBGE. Em 2018, esse número ultrapassa 522 mil pessoas, com base na estimativa populacional de 2017, levando a um déficit de policiais, com o crescimento populacional do Estado de Roraima.

Acesse o edital: https://cpc.uerr.edu.br/wp-content/uploads/2018/04/EDITAL-PM-2018.pdf